I wish I were a Warhol silk screen hanging on the wall. Or little Joe or maybe Lou. I'd love to be them all. All New York's broken hearts and secrets would be mine. I'd put you on a movie reel, and that would be just fine. Ian Curtis
6.6.10

 

Amo o Porto. Faz agora um ano que fui, pela última vez, ao Porto. Recordo passar pela Ponte da Arrábida e a névoa nostálgica do Porto abraçar-me, esmagar-me. O meu amor continuava vivo.

 

O porto é mágico. Não o conheço como o queria conhecer. Ainda bem. Tenho a terrível tendência de me desiludir com o que conheço bem. Não é vício. É feitio. Adoro tomar o pequeno-almoço na ribeira. Adoro terminar a tarde a beber um copo na ribeira de Gaia – não é Porto mas este pedaço para mim estende-se. O sol tem um brilho diferente. Mas também é soturno. Quente.

 

O Palácio de cristal e o seu magnífico jardim com a vista privilegiada governam imponentes o rio. Serralves parece um local que sobreviveu ao tempo. Dos anos de charme da cidade, foi banhada em modernismo. O seu jardim é o seu jardim, à falta de mais palavras. A Rua de Santa Catarina. A Foz lembra um pequeno pedaço do tempo perdido, de extensa influência dos Hamptons americanos dos anos 60. Magia na forma de cidade.

 

Soube envelhecer. Criar história e estórias. Desenvolveu a sua áurea e aperfeiçoou os seus encantos. Fez milhares de amantes. Com todos desenvolveu a sua ligação. Eu sou mais um. Rendido aos seus perfumes inebriantes. Mais um, apenas. São tantos. Faz agora um ano que lá fui, pela última vez. Eu espero. Até à próxima.

link do post Eu e o meu Ego, às 14:53  comentar

De Raquel Fernandes a 4 de Outubro de 2011 às 11:45
Concordo com tudo, tanto com tudo. Mas a Foz também tem aquele quê de decadência das boulevards de Casablanca, principalmente a Avenida Brasil. Mas depois ergue-se por trás a Foz velha, tão preciosa, tão originalmente Foz. Precisas de conhecer a Baixa como ela é!

 
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25
26

27
28
29
30


blogs SAPO