I wish I were a Warhol silk screen hanging on the wall. Or little Joe or maybe Lou. I'd love to be them all. All New York's broken hearts and secrets would be mine. I'd put you on a movie reel, and that would be just fine. Ian Curtis
16.11.08

Como fui ingénuo. Como poderiam ter as coisas corrido de outra forma. Mas lá está, esta análise apenas é possível com a devida distância do tempo.

Passado aquela fase em que todos os miúdos – pelo menos aqueles que calcorreavam a rua comigo – querem ser cowboys, bombeiros ou astronautas, eu achei que queria ser outra coisa.

- Pai, mãe, já sei o que quero ser quando for grande. Quero ser cantor!

- Meu filho, não tens jeito nenhum para cantar, além disso em Portugal não dá para viver.

Não desanimei.

- Pai, mãe, já sei o que quero ser quando for grande. Quero ser actor!

- Meu filho, em Portugal vais para o desemprego. Para não falar na tua tremenda falta de jeito.

Não há duas sem três.

- Pai, mãe já sei o que quero ser quando for grande. Quero ser advogado!

- Meu filho, que bom. Vais ser Dr. E vais-te sair lindamente.

Hoje, acho que preferia ter levado um par de estalos. Ou então não. Simplesmente que continuo a não ter jeito para aquilo que escolho. Já ficava contente.


link do post Eu e o meu Ego, às 21:00  comentar

De Pulha Garcia a 17 de Novembro de 2008 às 14:42
Como eu te compreendo. Também me arrependo muitas vezes de ter ido para advogado...O meu conselho é a emigração...

De misskitsch a 19 de Novembro de 2008 às 12:26
Também ainda não consegui descortinar o porquê de Direito... Sou infeliz, tão infeliz!

 
Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
18
19
22

24
25
26
27
28
29

30


blogs SAPO