I wish I were a Warhol silk screen hanging on the wall. Or little Joe or maybe Lou. I'd love to be them all. All New York's broken hearts and secrets would be mine. I'd put you on a movie reel, and that would be just fine. Ian Curtis
6.11.08

Tive insónias a noite passada. Revolvi na cama infinitas vezes. Não foi nada. É mentira. No entanto, acho que há algo de infinitamente romântico nas insónias. Já as tive várias vezes. Nessas alturas não as acho nada que não sejam odiáveis. Abomino-as mesmo.

Tive insónias a noite passada. Não tive. É mentira. Mas foi como se tivesse. Acordei cansado, esbaforido. Era tempo de me entregar a alguns prazeres tão mundanos que são aborrecidos e sem graça de partilhar. É certo que chovia, não interessa. Não é por isso que não saia de casa.

Apertei a gola do casado e ajeitei o cachecol que me envolve até entrar no café. Não um simples café, mas O café. O senhor do balcão acenou-me. Um gesto cúmplice de quem já tem mesa. Perto da janela. Estrategicamente posicionada. Aquela hora da manhã o chá quente e Joy Division ecoava-me nos ouvidos pelo Ipod, deixei-me ficar. Ao meu lado repousava o livro que trouxe. Ali ficou. Limitei-me a apreciar aquele momento.

link do post Eu e o meu Ego, às 22:32  comentar

 
Novembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

17
18
19
22

24
25
26
27
28
29

30


blogs SAPO