I wish I were a Warhol silk screen hanging on the wall. Or little Joe or maybe Lou. I'd love to be them all. All New York's broken hearts and secrets would be mine. I'd put you on a movie reel, and that would be just fine. Ian Curtis
13.8.08
A coisa é bastante simples, na verdade. Por mais que elas, sim elas as raparigas/gajas/mulheres/mulherio, digam que somos complicados ou difíceis de compreender a coisas não são bem assim.

E isto tudo, na sequência de uma conversa com uma amigo meu num destes dias. E o mote da saída para a conversa foi esta frase de uma conhecida nossa:

- Mas vocês por acaso julgam que nos vestimos apenas para vocês? Como estão enganados. Nós, em primeiro lugar, vestimo-nos para nós próprias, e, em segundo lugar, para as outras, meus meninos.

Ok. Dando por certo tal afirmação, eu questiono, e nós é que somos complicados? Algo aqui me está deveres a escapar. É que são incontáveis as vezes que eu ouvi a frase “ mas não reparas na minha roupa nova? Como me assente bem?” (aqui só para nós eu não ouvi esta frase dirigida a mim por culpa de um defeito que tenho de ser EXTREMAMENTE OBSERVADOR).

Adiante. Posto isto, em conversa surgiu uma questão? Há uma que na praia usam o tão falado fio dental. Ora, é para vocês? È para as outras? Vamos por partes.

Para vocês? Ok, admito que seja para bronzearem um pouco mais do vosso real traseiro. E ficarem com menos marcas, ou com umas mais estéticas. Não vejo outros motivos, sinceramente.

Para as outras? Oh minhas caras. Aqui é, como se diz no vulgo dito popular, a porca troce o rabo. Ora vamos lá a ver as possíveis razões: mostrarem que são corajosas de andarem quase com o rabo ao leu? Mostrar que não têm o rabo descaído e/ou enrugado, ou ainda, na pior e mais escandalosa possibilidade, que não têm borbulhas ou outras coisas que tais nas nádegas? Por amor do Senhor que está lá em cima…

É que, ainda sobre esta questão preponderante para a contínua rotação do mundo, se for para nós não se macem. É excessivo, não queremos as coisas dadas, queremos a imaginação, a insinuação. Não queremos o rabo completamente escarrapachado quando nos levantamos da toalha para ir à água.

Enfim, é agradável, mas um bikini pequenino é bastante mais apelativo e, digamos, inspirador.
link do post Eu e o meu Ego, às 16:36  comentar

 
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


blogs SAPO